10 Dicas para fotografar crianças

Não vou falar aqui sobre requisitos básicos para qualquer tipo de trabalho com fotografia:  contrato, levar bateria (carregada), flash, câmera de backup, conhecer muito bem a sua ferramenta de trabalho ou outros requisitos para que não tenha surpresas  por falta dos preparativos básicos (esse poderá ser assunto de um próximo post).
O propósito aqui é listar algumas dicas que podem deixar seu trabalho de fotografia de crianças mais interessante e gostoso de ver.

1 – Goste de crianças – DE VERDADE.
Essa é a regra número um, pois considero a mais importante.
Crianças podem ser em alguns momentos fofas, espontâneas, sorridentes, e em outros uns verdadeiros furacões, hiperativos, curiosos, vão querer pegar os equipamentos, colocar na boca (não deixem rsrs), outros não querem ficar no estúdio, choram por estar com sono, fome ou por não gostar de você. Conhecer o mundo das crianças e saber como lidar com elas é importantíssimo para o sucesso na fotografia infantil.
Crianças com mais de um ano e meio podem ficar chateadas e impacientes quando percebem que estão sendo fotografadas. Seja rápido e não prolongue demais a sessão. Seja objetivo e estude com antecedência o que irá fazer.

2 – “Provoque” a espontaneidade.
Foi proposital o jogo de palavras usada neste item. Como forçar uma espontaneidade? Isso deixaria de ser um momento espontâneo para ser um momento posado? Não necessariamente. A fotografia infantil é a que mais se beneficia com a espontaneidade natural de seu assunto principal, principalmente quando a fotografia é feita na zona de conforto da criança (em casa, no parque, ou festa de aniversário). Em fotos no estúdio, porém, há a possibilidade de uma certa tensão e timidez por parte da criança e da família. Por isso, tenha sempre brinquedos e cenários interessantes, fazendo com que a criança se sinta a vontade e você possa clicar os momentos gostosos em que ela esteja mais relaxada, brincando.
Peça para a mãe, pai ou o acompanhante com quem a criança se sente a vontade, participarem das fotos (ora perto da criança, ora atrás de você, fazendo com que a criança olhe para a câmera), faça brincadeiras, faça-as rirem, de forma que a criança se sinta mais a vontade e brinque de verdade, te presenteando com belos sorrisos e fotos incríveis.
Use nariz de palhaço se se sentir confortável para isso. OBS: A criança sente quando a “palhaçada” é verdadeira e pode perder completamente o respeito por você se sentir que não está a vontade com esse nariz eheheheh, cuidado, não agrida a sua própria natureza, isso não é necessário.

3 – Pose?
Esta dica complementa a anterior. É preciso muito cuidado ao pedir para que uma criança faça uma pose, pois normalmente saem forçadas, com sorrisos daqueles que fecham totalmente os olhos e mostram os dentes como se estivessem escovando os dentes eheheh. O melhor é evitar poses forçadas e buscar fotos espontâneas sempre. Conseguir que uma foto posada pareça natural não é para qualquer um, é preciso ter facilidade em deixar a criança à vontade ou fotrografar crianças que gostem mesmo de ser fotografadas. Tente distraí-la, converse com ela sobre o dia, sobre brinquedos preferidos e vá pedindo para ela fazer as poses que busca.

4 – Fotografe a criança acompanhada
Busque a participação de adultos e outras pessoas ou crianças na foto, para deixar o resultado mais rico. Mantenha o foco na criança, mas retrate também a família, irmãos e convidados.
Retrate as crianças no colo, deitadas, comendo, realizando atividades com a família.

5 – Explore diferentes ângulos
Sim, foto na altura dos olhos da criança é o básico, mas alguns em início de carreira se esquecem disso na emoção de realizar seu primeiro trabalho como profissional da área. Por isso, nada de ficar em pé o tempo todo, abuse de diferentes ângulos, use roupas confortáveis, deite no chão, ajoelhe-se, suba em uma cadeira e faça careta, é possível que a criança olhe para você e sorria ou faça outra careta em resposta (nem todas as ocasiões permitirão que você faça isso, mas a idéia aqui é ser criativo).

6 - Saia do lugar comum e fotografe os detalhes
Se está fotografando uma festa de aniversário, por exemplo, fotografe o cenário, de várias distâncias, os doces, a roupa das crianças, um chocolate lambuzando a mão, um algodão doce maior do que a criança, preste atenção nos detalhes. A mesa do bolo normalmente dá lindas fotos, os enfeites e os doces também. A mãe pode ter escolhido com o maior cuidado a embalagem do brigadeiro, que não deve passar despercebida aos seus olhos. Fotografe! Fotografe! Fotografe! Olhe para todos os cantos e não esqueça de registrar nada! Ao montar o álbum essas fotos ficarão maravilhosas, e farão a família reviver todo o evento, com seus mínimos detalhes e charmes, que durante o evento acabam passando despercebidos aos olhos comuns.
Fuja do lugar comum, mas obviamente não se esqueça de fotografar o básico (só para constar rsrsrs)

7 - Tire as fotos clássicas ou "clichês", sem dó
Contradizendo o item anterior, mas não excluindo-o. Precisamos ter em mente que ambos os tipos de foto são importantes. Quem te contratou, adorou quando viu a foto do sapatinho de bebê em um site? Sim, é uma foto clichê, mas agrada a TODAS as mamães, indiscutivelmente. Faça sim fotos clichês. Fotografar festa de aniversário, crianças em estúdio para fins de foto de família, ou outros fins em que o contratante é uma pessoa comum que desejou te contratar porque queria belas fotos, requer sim que se tire as fotos clichês, pois são repetidas para nós, fotógrafos, designs, ou outros que trabalhamos com fotos. Para o contratante, aquele sapatinho, por exemplo, é único e merece um clique inesquecível. Pode variar com os cenários, fundos da foto, incluir um ursinho de pelúcia ou qualquer outra variação, usando a criatividade, mas não deixe de fazer essa foto clichê, que a mamãe vai adorar sim.
Em festinhas de aniversário, não se esqueça de também fotografar o básico, para não procurar depois, na montagem do álbum, a criança com os pais, tios, avós, o parabéns, as velinhas, etc.

8 – Inclua brinquedos da própria criança nas fotos
As crianças normalmente têm um ou vários brinquedos preferidos. Peça para que sejam levados ao ensaio e fotografe a criança interagindo com estes brinquedos. As fotos se tornam menos frias quando levam as pessoas ao mundo real do retratado. Fotografe a mão segurando o brinquedo, com uma grande aproximação, de forma a marcar a importância do brinquedo para a criança. Fotografe a emoção dela com o brinquedo (se abraça um urso, capte o amor entre a criança e o urso; se brinca com o carrinho, mostre a graça e a energia da cena, se possível capte o biquinho da criança fazendo: “bruumm-brumm”).
Cuidado para não poluir a foto. Um brinquedo interessante já é suficiente. A não ser que o objetivo da foto seja mostrar a criança em meio a um mundo de brinquedos, utilize somente um em cada foto, para que o assunto principal (a criança) não se perca e a foto não fique poluída.

9 – Inspire-se no trabalho alheio
Boa parte do aprendizado na fotografia você faz vendo fotos, boas fotos, ver constantemente boas fotos faz com que a sua percepção seja aguçada e você se inspire a fazer trabalhos cada vez melhores e apura seu senso crítico. Não significa copiar, mas inspirar-se.

10 – Divirta-se
Por mais profissional que seja o trabalho, fotografia é paixão, é amor, é inspiração. Não esqueça de se divertir. É incrível como as fotos saem com muito mais vida, atitude, emoção quando tanto o fotógrafo quanto o retratado estão se divertindo pra valer

Boas fotos!

Maria Fernanda Lima

1 comentários:

Raquel Moreira disse...

Olá
Primeiramente gostaria de lhe parabenizar pelo blog.
Meu nome é Raquel e sou responsável por parcerias de diversos sites e gostaria de lhe convidar para ser nosso parceiro também, possuímos diversos sites relacionados a mais de 30 tipos de categoria como: moda, automóveis, maquinas, imóveis, eletrônicos etc, todos com ótimos posicionamento no Google e grande número de acessos onde poderíamos trocar links, um dos nossos sites que inclusive é relacionado a esse post é esse.
www.maquinas-fotograficas.com

Lembre-se esse é apenas um dos sites que possuímos temos outros diversos para parceria.
Vamos conversar mais a respeito.
email: raquelmoreira100@gmail.com
Msn: raquelmoreira1000@hotmail.com

Postar um comentário